Apoios

Apoios

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Rescaldo, BTT Douro Pombalino 2014

prO primeiro evento que realizei com as cores da Marietel envergadas foi no passado domingo na cidade do Peso da Régua, no BTT Douro Pombalino 2014!

Foi mais um passo dado rumo ao regresso do BTT no meu quotidiano desportivo!

Pela proximidade com a cidade do Peso da Régua, foi com normalidade que me desloquei até às margens do Rio Douro para, pela primeira vez, participar num evento organizado pelo DouroBTT CCPAD.

Pela localização, é de fácil percepção a dificuldade de uma prova de BTT nesta região.
As encostas do Douro são íngremes e fartas, assim como as temperaturas elevadas dos últimos dias faziam prever, consequentemente, uma dificuldade natural na realização desta prova.

Com a parte inicial extremamente “violenta”, foi nas deficientes marcações de percurso que se centraram as maiores dificuldades do dia!
Foram 3 os enganos cometidos (o último dos quais me levou, escusadamente, a subir novamente parte de uma encosta) e várias as vezes que abrandei e parei para perceber se me mantinha no percurso.
Este tipo de problemas eram de certa forma usuais no início do aparecimento dos eventos de BTT, sobretudo por causa da inexperiência de quem organizava que, naturalmente cometia gafes de marcação.
Nos dias de hoje, este tipo de situações mostra algum desleixo por parte de quem marca, não pensando sequer naquela máxima de que de uma fita a outra se vê!

Quanto ao percurso em si e sem contabilizar os problemas já mencionados, era interessante e muito exigente, sempre acompanhado de belas paisagens!
Completei 49,4 km com um acumulado de 1198 m de desnível vertical (valores inflacionados pelos enganos cometidos).

6 comentários:

António Gomes disse...

11 DE ABRIL DE 2010 - III BTT DEMO - MOIMENTA DA BEIRA - CLASSIFICAÇÕES NÃO FORAM PUBLICADAS - SEGUNDO A ORGANIZAÇÃO AS PLACAS E FITAS FORAM RETIRADAS/TROCADAS PELOS CAÇADORES. COMO TODA A GENTE SABE O PERCURSO É LIVRE AOS CIDADÃOS, TODA A GENTE PODE CIRCULAR PELOS TRILHOS...

http://antoniogomes-cafealbino.blogspot.pt/2010/04/rescaldo-iii-btt-demo-moimenta-da-beira.html

César Bernardo disse...

António, respondendo ao teu comentário, (tem de ser em caps lock também), LÁ ESTÁ, DE INICIO HAVIA SITUAÇÕES COMO ESSAS E MESMO ASSIM A TROCA DE PLACAS, E NÃO DE FITAS, FOI TÃO SÓ NUM ÚNICO LOCAL. ASSIM COMO CORRESPONDE À ALTURA QUE MENCIONEI COMO NO INÍCIO DO APARECIMENTO DE MUITAS PROVAS, A EXPERIÊNCIA GANHA-SE COM TEMPO E COM TEMPO O PEDALADAS APRENDEU A NÃO COMETER ERROS (O QUE ACONTECE DESDE ENTÃO!), TANTO A ORGANIZAR COMO AO PRESENCIAR OUTRAS ORGANIZAÇÕES. ERRAR É NORMAL, INSISTIR NO ERRO OU NÃO APRENDER AO LONGO DOS ANOS É OUTRA COISA!
Os erros de marcação no passado domingo foram num único local... multiplicados por vários locais iguais!
Obrigado pelo teu comentário!

António Gomes disse...

O problema disto não é o caps lock.
O problema é que andamos todos a procura de resultados e não me venham dizer que não, porque então participava-mos na classe promoção.
É como o César sabe e bem quanto custa dar-mos tudo para que corra bem e alguém tem a amabilidade de trocar as fitas e não as placas, as mesmas estavam lá.
Vamos todos ter calma, porque só assim é que as "coisas" andam.
Abraço.
Até breve.

César Bernardo disse...

Tó,
Eu ando apenas na classe de promoção, aliás, nem podia ser de outra forma, já que a minha forma actual é muito fraca, mas mesmo assim, andar perdido, enganado e sem saber se se está no local correcto é frustrante!
Descer quando não era para descer, subir quando não era para subir, virar à direita quando era para virar à esquerda, ... é FDD em qualquer que seja o nosso estado de participação, seja promoção ou não!
O percurso estava na sua grande maioria marcado de forma deficiente, assim como cheguei a pensar de forma sarcástica se pouparam as fitas nos trilhos para as meter todas no meio do pinhal, naquele ziguezague, a meu ver completamente escusado!
Abc!

António Gomes disse...

César, nós estamos de "consciência tranquila". Sabemos perfeitamente que o trabalho de casa foi realizado. Com muita pena também me enganei e não fiquei satisfeito. como tu sabes, mesmo quando corre bem, existe sempre que critique.

António Gomes disse...

César, nós estamos de "consciência tranquila". Sabemos perfeitamente que o trabalho de casa foi realizado. Com muita pena também me enganei e não fiquei satisfeito. como tu sabes, mesmo quando corre bem, existe sempre que critique.