Apoios

Apoios

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Ilha de São Miguel, Açores. A viajar por Portugal! – Parte 1, A viagem.

Vivendo em Moimenta da Beira (há 13 anos) decido que esta viagem até à Ilha de São Miguel teria de ser diferente em tudo, em tudo e até na forma como iria chegar ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro, onde depois apanharíamos (eu e a Cristina) o último meio de transporte continental naquele dia.

Estação Comboios da RéguaLogo pela manhã já estávamos na estação de comboios do Peso da Régua, iriamos chegar à Invicta Cidade do Porto de Intercidades.

Praticamente 2 décadas depois, voltamos ao comboio da linha do Douro e desta forma tivemos o primeiro momento marcante da nossa viagem a 2...!

O comboio estava muito bem preenchido de passageiros e fizemos a viagem na companhia de uma simpática senhora que numa inesperada pergunta nos deixou um pouco constrangidos.... “então vão passear até ao Porto?” “vamos para o Porto para depois seguirmos de férias para os Açores” “Ahhh, muito bem! E para lá também vão de comboio?”

No primeiro segundo após a questão, contei que fosse uma pergunta com sentido de humor, ao terceiro segundo percebi que a pergunta era séria e.... não foi fácil, como podem imaginar!

Para o Aeroporto seguimos de Metro, sem percalços, sem perguntas estranhas e confortavelmente sentados!

Aeroporto Francisco Sá CarneiroO Boing da Ryanair, completamente lotado, levanta voo e o destino é visível após 2 horas de viagem!

Umas nuvens concentradas por cima de um lugar verde inundado por uma imensidão azul, é o nosso destino. O comandante (britânico), anuncia que é possível visualizar a Ilha de São Miguel e que em breves momentos aterraríamos no aeroporto João Paulo II.

Primeiro momento fora do avião e nota-se que o calor abrasador que se fazia sentir há pouco mais de 2 horas no Continente, não tinha ido connosco!

Estava uma temperatura amena mas sentia-se muita humidade, estávamos em Ponta Delgada, naquela magnifica Ilha Verde!

A chegada à residencial é feita de carro, ainda não o carro que tínhamos já previamente alugado, mas sim o de um casal residente (apesar de lisboetas, escolheram São Miguel para viver) que nos quis receber desta forma na sua ilha!

Até já!

Sem comentários: