Apoios

Apoios

sexta-feira, 10 de março de 2017

Algarve Bike Challenge 2017

16Mais um ano pelo Algarve, mais um ano de Algarve Bike Challenge!

É das melhores provas que podemos realizar no ano em Portugal, tem todos os fatores que ajudam a que assim seja, começando pelo clima e acabando pela própria organização!

Contudo este ano o clima quase conseguiu trocar as voltas a toda a gente, sobretudo no sábado, mas já lá vamos...

Viagem para o Algarve na quinta à noite num autocarro com asas de uma companhia aérea low cost após uma ligação, um pouco em pânico, desde Vila Real até ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro. Sim, houve alguma tensão nesta primeira deslocação pelo facto de o carro onde seguíamos ter uma avaria dos tempos modernos nos mais recentes veículos motorizados, a eletrónica! Mas como 3 ou 4 paragens na auto-estrada a fazer um reset improvisado (liga e desliga a ignição), lá conseguimos chegar ao destino.
Acabamos por nos instalar num Hotel em Tavira já depois da 1h da manhã, após um reconfortante lanche tardio numa padaria / pastelaria local.

Sexta-feira começa cinzenta e a ameaçar chuva, com a temperatura um pouco baixa para a região, mas neste dia teríamos apenas para realizar o Prólogo Noturno.

A chuva acabou por cair espaçadamente durante o dia e acabaria por marcar presença em parte do Prólogo, o que levou a algumas quedas pelo natural escorregar das bicicletas nas húmidas ruelas do centro de Tavira.

O Prólogo teve um percurso de 2,3 km, 36 m D+ e com algumas zonas de escadas.

Sábado foi “invadido” por um autêntico diluvio durante a madrugada, que acabou por condicionar bastante a etapa deste dia. A etapa foi encurtada em 14 km e o seu início acabou por sofrer um natural atraso de 2 horas.
Felizmente durante a etapa a chuva acabou por andar bastante ausente, o que acabou por facilitar o seu desenrolar.
Esta etapa acabou por ter 69,9 km e 1.806 m D+.

Domingo, com o clima mais de acordo com a região, acabou por ter maior destaque pelos muitos singles tracks percorridos. Sem muita história para contar, foi um dia bastante tranquilo.
Esta etapa teve uma extensão de 74,5 km e 1.722 m D+.

Quanto ao meu Algarve Bike Challenge:

  • mapa etapa 1Prólogo - comecei-o distraído (estava a olhar para a terra de ninguém quando foi dado o “tiro” de partida), tive dificuldade em encaixar um dos pés no pedal e arranquei a frio! A parte do arrancar a frio deveu-se ao facto de a chuva não me ter deixado ter vontade de pedalar o suficiente antes de um esforço tão violento. Acabei por conseguir minimizar as dificuldades e terminar com um tempo razoável.
  • mapa etapa 2Etapa 2 – senti-me particularmente bem apesar de estrear nesta prova novos andamentos na bicicleta. Foi um risco ir para as verdadeiras paredes algarvias com um novo sistema de mudanças, mas foi aposta ganha. Sempre com ritmo bastante confortável, o azar bateu-me à porta a 9 km do fim, quando não muito mal colocado, um rasgo no pneu traseiro obrigou a uma paragem bem demorada para desenrascar a forma de chegar à linha de meta a pedalar.
  • mapa etapa 3Etapa 3 – mais uma vez com boas sensações, a minha experiência em provas por etapas levou-me a manter o ritmo que tenho como o ideal, sabendo que esforço desmedido leva a um final mais massacrante e muitas vezes de desespero e vazio total, que não se justifica de todo. Enquanto duplas, acabamos por subir 31 posições na classificação geral, após esta etapa sem azares de maior!

Em relação à equipa que formei, não conhecia o Nuno Garcia e acabamos por conseguir um dupla equilibrada. É sempre um risco enorme entrar numa prova destas e desta dificuldade, com alguém que não conhecemos e sem qualquer tipo de treino conjunto. Não foi a dupla perfeita, mas para as duplas perfeitas que se veem a nossa acabou por funcionar muito, muito bem!

Este domingo volto de novo à competição, na primeira prova da Taça da Associação Regional de Ciclismo de Vila Real, onde irei disputar na classe Master 40 as Maratonas!
O objetivo nesta prova, que se realiza em Vila Pouca de Aguiar e que tem 78 km com cerca de 1700 m D+, é fazer o melhor possível com a consciência que neste momento as pernas estão bastantes massacradas com o GeoTour e o Algarve Bike Challenge ainda tão recentes!

Quanto às provas por etapas em dupla, voltarão agora só no mês de Maio, no Race Nature Mondim de Basto!

Aqui fica o filme resumos das etapas do Algarve Bike Challenge 2017

Até breve!

Sem comentários: