Apoios

Apoios

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

3º Passeio BTT “Terras do Côa”, Sabugal

Mais um fim de semana ausente de Moimenta da Beira, desta vez para participar no 3º Passeio BTT “Terras do Côa”, Sabugal.

Tinha previsto sair de Moimenta, no sábado de tarde de bike de estrada, em direcção à cidade da Guarda, onde passei o fim de semana, mas uma “preguicite” aguda que se fez sentir depois de almoço, fez com acabasse por fazer a viagem de carro e não de bike!

No domingo o despertar foi às 6h50, carregar a tralha e seguir até ao ponto de encontro, Garbike, onde por volta das 8h00 se saiu rumo ao Sabugal, num grupo de cerca de 30 elementos!

Comecei mal o dia, saí de casa com máquina fotográfica, mas esta sem cartão de memória que tinha ficado no (eee)pc de viagem.
Feita a curta viagem, a chegada ao Sabugal foi feita com muito frio e se tinha pensado levar a jersey de manga curta, em boa hora levei o casaco meia estação que acabou por ser a minha pele exterior.

sabugalmapa O início do passeio, com perto de 200 participantes, foi feito pelas ruas do Sabugal a um ritmo mais calmo e só quando estou um pouco mais à frente do grupo inicial (tínhamos partido para trás de toda a gente) com 2 amigos, o Mário Milheiro e o Marco Martins, e já quase a entrar nos trilhos, decidimos acelerar um pouco o ritmo!
Os trilhos tinham zonas técnicas e o “parte-pernas” (leia-se, rampas de sobe e desce) era constante, íamos os 3 em conjunto passando bastantes btt’istas, até que chegamos ao reforço alimentar, perto do meio do percurso, e vemos que as mesas estavam ainda a ser colocadas, ora, ou estávamos a chegar cedo ou havia atraso na colocação destas.
Parámos, alimentamo-nos e perguntamos, por curiosidade, se já tinham passado muitos participantes, a resposta foi “talvez uns 15”, ao que alguém responde “15?! Se calhar nem 10!” Cruzamos uns olhares entre nós, como a dizer “oh diabo, estamos a andar bem!” :)

sabugalgrafico

Se já antes vínhamos a puxar bem, daqui para a frente foi a descalabro, apesar de estarmos a meio do caminho e da maior dificuldade estar ainda por passar (uma rampa com bastante pedra solta, com 3,4 km e 265 mt de desnível), o ritmo subiu ainda mais e cortamos a meta bem mais cedo do que contávamos, mas foi engraçado fazer a rampa em subida até ao Pórtico, com as meninas do registo de chegada a dizerem “calma, calma, devagaaaarrr!!”!

Apesar de ter chegado bastante cedo, eram 11h45, acabei de almoçar perto das 15h30 e de chegar à Guarda às 17h00. Foi um excelente dia, passado com a boa companhia de muita gente que comigo participaram neste excelente evento!

Mais uma vez pedalei de BMC Fourstroke FS01 + Grupo completo SRAM XX + Rodas Xentis, bicicleta cedida pela Patocycles, um autêntico “avião” dos trilhos! Bike lindíssima, de comportamento excelente que vai deixar saudade, mas chegou a hora de a devolver a seu dono!
Daqui, um agradecimento especial ao Paulo Rodrigues, sócio gerente da referida empresa!

Sem comentários: