Apoios

Apoios

terça-feira, 22 de novembro de 2011

III Maratona BTT Cidade Falcão, Pinhel – Resumo

Apesar de existir a previsão de chuva para o passado dia 20, dia em que se realizou a III Maratona BTT Cidade Falcão em Pinhel, mais uma vez, tal como aconteceu na semana passada, os técnicos da meteorologia se enganaram e tivemos direito a mais um ameno dia de Outono!

Sendo este um evento com menos impacto do que a Maratona “Trilhos do Ceireiro”, realizada 1 semana antes na Beselga, a quantidade de participantes era bem menor.
Éramos cerca de centena e meia BTT’istas que logo após as 9h30 da manhã saímos de Pinhel, rumo a fantásticos trilhos, onde o ponto mais negativo foi a muita lama que acabámos por pisar.

Realizei o percurso maior (Maratona), tendo mesmo sido tentado a “cortar” para a Meia-Maratona, inicialmente por razões mecânicas (muita lama acumulada na bicicleta estava a dificultar o normal funcionamento das mudanças, assim como o risco de desgaste acentuado do material naquelas condições me tivesse feito por momentos pensar mais na “carteira”) e depois quando ao km 48, na separação dos percursos, ao ouvir alguém dizer que se virasse para a Meia, seria 3º classificado…
Por breves instantes a tentação foi grande, havia mais do que 1 razão para acabar o percurso em 2km e seguir para um banho que me iria tirar do corpo uns bons gramas de lama! Contudo, o meu objectivo era a Maratona e seria esta que iria fazer!
Segui então para mais 26km de trilhos alucinantes, os mais exigentes quilómetros de todo o percurso, havia 3 descidas para fazer e 2 “paredes” para subir, 1 delas realmente terrível!

Ao fim de 4h02m, cheguei à zona de meta, completamente coberto de lama, depois de 74.5km e 1480mt de desnível vertical acumulado de trilhos fantásticos e em 3º lugar da classificação!

Tal como já o referi, os trilhos eram muito bons, os reforços alimentares pareceram-me ser de boa qualidade e quantidade, pareceram porque não parei em nenhum dos 3 existentes!
As marcações estavam um nível abaixo do que o evento merecia. Para começar as fitas eram do pior que se pode encontrar, de cor amarela-preta são facilmente confundíveis com a vegetação e depois em quantidade inferior à necessária…. A uma certa altura acabei por voltar para trás, pensando que ia enganado, isto porque deixei de ver qualquer tipo de marcação durante tempo a mais!
Os banhos impecáveis e de água bem quentinha.
O almoço, uma feijoada (prato que eu nem por nada admiro) que segundo quem gosta estava de bom paladar, mas estava esta órfã de uma sopa, que sabe sempre bem, assim como de uma sobremesa mais adocicada, que maçãs e tangerinas são boas e fazem bem, mas um doce não faz mal a ninguém! :)
De oferta, fomos todos brindados com uma sweat-shirt, alusiva ao evento!

Sendo este um evento denominado como Maratona (com opção de Meia-Maratona), contava que o meu 3º lugar no pódio desse direito a uma simples recordação de tal “proeza”, mas não havia qualquer “prémio” para os primeiros classificados.

O próximo evento é já no domingo dia 27, Maratona Invernal de BTT Cidade da Guarda.

Sem comentários: